VENCENDO AS PERSEGUIÇÕES DA VIDA

Vencendo as Perseguições...






Gloriamo-nos também das tribulações, sabendo que a tribulação produz a paciência, a paciência a firmeza, e a firmeza a esperança” (Romanos 5:3-4)

Os apóstolos de Jesus Cristo, ainda sob o vivo entusiasmo da experiência transformadora do Pentecostes, em que receberam o batismo com o Espírito Santo, pregavam com entusiasmo o Evangelho em todas as vielas e praças de Jerusalém. Como costuma acontecer com quem traz uma mensagem nova, logo foram vistos como ameaças pelos fariseus, os quais providenciaram para que fossem presos. Não puderam mantê-los na cadeia por muito tempo sem uma acusação formal que se sustentasse, mas antes de soltar Pedro e João, trataram de aplicar-lhes uma bela surra, como um ‘corretivo’. A idéia é que funcionasse mais como uma espécie de aviso a outros que tentassem fazer o mesmo, mas a narrativa de Atos dos Apóstolos logo deixa claro que não deu certo: “Retiraram-se pois da presença do sinédrio, regozijando-se de terem sido julgados dignos de sofrer afronta pelo nome de Jesus (Atos 5:41)”.


Eram os apóstolos masoquistas? Tinham baixa auto-estima a ponto de se sentirem satisfeitos por sofrer afrontas e açoites? Aos olhos de nossa natureza humana, nada pode ser mais indesejável do que sofrer qualquer espécie de afronta, seja ela física ou psicológica. A violência é o principal instrumento de dominação dos poderosos e ditadores ao longo dos séculos, mas nunca deixaram de surgir heróis da Fé. Hoje, eles continuam surgindo no horizonte religioso. Pessoas que não negociam seu ministério por valores financeiros, não se rendem aos modismos anti-bíblicos e torcem o nariz para as disputas de poder dentro das estruturas eclesiásticas. Que motivação pode ser capaz de fazer alguém resistir diante de pressões deste tipo?
O apóstolo Paulo afirmou: “Já não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim (Gálatas 2:20)”, concordando espiritualmente com a assertiva de Jesus: “Porquanto, quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por minha causa achá-la-á. (Mateus 16:25). Quando vivemos exclusivamente para Cristo, quando nossa vida está tomada por um sentido de missão, de propósito, podemos vencer todas as perseguições, pois não estaremos mais nos importando tanto com nossa própria vida, mas entendendo-a como um mecanismo para que se cumpra um propósito. A missão precisa ser cumprida, não importa quantas afrontas sejam necessárias.
Está sendo perseguido? Sofre o alvo de mentiras invejosas contra você? Anime-se! Jesus disse que pessoas como você seriam consideradas ‘Bem-aventuradas’. Confie em Jesus e no propósito que Ele te concedeu, e você passará incólume por todas as afrontas e perseguições.
O Senhor Jesus te abençoe abundantemente.



Somos vasos 

O apóstolo Paulo é enfático em especificar quem são os vasos para honra: "Somos nós", ou seja, os vasos para honra é a igreja (corpo) do Deus vivo! "Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade" ( 1Tm 3:15 ). Os vasos para honra também são designados "vasos de misericórdia": "... nos vasos de misericórdia, que para a glória já dantes preparou, os quais somos nós, a quem chamou, não só dentre os gentios?" ( Rm 9:22 -24).

Quem são os vasos para honra e quem são os vasos para a desonra? Quem é o barro e quem é o oleiro?
Muitas questões doutrinárias surgiram ao longo da história da igreja por causa da má interpretação deste versículo. Porém, estas questões são facilmente respondidas quando o leitor compreender o real significado de cada figura presente no versículo.
Deus é o Oleiro e Ele tem poder sobre o barro. Ou seja, não há como o homem questionar a soberania e o poder de Deus "Ai daquele que contende com o seu Criador! O caco entre outros cacos de barro! Porventura dirá o barro ao que o formou: Que fazes? Ou a tua obra: Não tens mãos?" ( Is 45:9 ).
Quem é o barro? Todos os homens são descritos como barro. O homem foi criado do pó da terra, e por isso, a figura do barro remete ao homem, uma das criaturas de Deus.
O profeta Isaias evidência as diferenças entre o homem e o Criador utilizando as figuras do oleiro e do barro:"Vós tudo perverteis, como se o oleiro fosse igual ao barro, e a obra dissesse do seu artífice: Não me fez; e o vaso formado dissesse do seu oleiro: Nada sabe" ( Is 29:16 ). É evidente que Deus é o oleiro, e o homem, o barro.
Estas figuras foram utilizadas várias vezes no Antigo Testamento: "Mas agora, ó SENHOR, tu és nosso Pai; nós o barro e tu o nosso oleiro; e todos nós a obra das tuas mãos" ( Is 64:8 ).
A primeira parte do versículo é facilmente respondida: "Ou não tem o oleiro poder sobre o barro...?" ( Rm 9:21 ). Sim! Deus tem total poder sobre os homens (barro)! O oleiro representa a pessoa do Criador, que de uma mesma massa (barro) cria vasos para uso diverso (honra e desonra).
Deus tem poder sobre os homens, mas, quem são os vasos (homens) para honra e quem são os vasos (homens) para desonra?
A bíblia apresenta algumas figuras em pares antagônicos. Observe:
·         Porta larga e porta estreita;
·         Caminho largo e caminho estreito;
·         Árvore má e árvore boa;
·         A planta não plantada pelo Pai e a planta que o Pai plantou;
·         Filhos das trevas e filhos da Luz;
·         Servos do pecado e servo da justiça;
·         Semente corruptível e semente incorruptível;
·         Carne e Espírito;
·         Vasos para desonra e vasos para honra.


As perguntas se avolumam diante do quadro acima: Quem é a porta larga? Quem é, ou o que é o caminho largo? Quem é a árvore boa; Quem são as plantas que o Pai não plantou? Quem são os filhos das trevas? Quem são os servos do pecado? Qual é a semente corruptível? Quem é carnal? Quem são os vasos para desonra?
É certo que Deus tem poder sobre o barro! Porém, o versículo demonstra que Deus pega de uma mesma massa (barro) e faz vasos para honra e vasos para desonra "... para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra?" ( Rm 9:21 ).
Como é possível de uma mesma massa serem feitos vasos para honra e vasos para desonra? O que diferencia os vasos para honra e os vasos para desonra não é a massa (barro) que foram moldados. A diferença está na utilidade dos vasos (vasos para honra e vasos para desonra).
Através dos elementos apresentados no parágrafo anterior é possível esclarecer outro ponto: tanto os vasos para honra, quanto os vasos para desonra são moldados (feitos) de uma mesma massa (barro). Ou seja, a distinção entre vasos para honra e vasos para desonra não é proveniente da massa que os vasos são moldados. De uma mesma massa Deus faz vasos (homens) para honra e desonra.
Podemos dizer que há homens para honra e homens para desonra, sendo que, todos são provenientes de uma mesma massa (barro).
Quem são os homens (vasos) para honra, e quem são os homens (vasos) para desonra? Quando eles são feitos?
Os três versículos seguintes são esclarecedores:
"E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição, a fim de que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para a glória já dantes preparou, os quais somos nós, a quem chamou, não só dentre os gentios?" ( Rm 9:22 -24).
Paulo é enfático em especificar quem são os vasos para honra: "Somos nós", ou seja, os vasos para honra é a igreja (corpo) do Deus vivo! "Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade" ( 1Tm 3:15 ).
Os vasos para honra também são designados "vasos de misericórdia": "... nos vasos de misericórdia, que para a glória já dantes preparou, os quais somos nós, a quem chamou, não só dentre os gentios?" ( Rm 9:22 -24).
Através do versículo anterior foi possível determinar quem são os vasos para honra! São os cristãos, homens (vasos) que Deus chamou dentre todos os povos.
Agora, quem são os vasos para desonra?
Eles representam uma seita? Uma organização? Uma igreja? É o anticristo? São os Falsos profetas?
Os vasos para desonra também foram designados por Paulo como "vasos da ira", e eles foram preparados especificamente para a destruição. O apóstolo Paulo demonstra que Deus suportou os vasos criados para desonra com muita paciência!
A resposta sobre quem são os vasos para desonra está nos versículos seguintes:
"Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus; Para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus" ( Rm 3:23 -26).
Deus suportou com paciência os vasos da ira (desonra) ( Rm 9:22 ), e, concomitantemente, propôs através do sangue de Cristo, propiciação pela fé a todos (vasos para desonra) que cometiam pecado sob a paciência de Deus ( Rm 3:25 ).
Deus "... suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição" ( Rm 9:22 ), para "... demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus" ( Rm 3:25 ).
Que entrave para a mente humana! Você, que hoje é vaso para honra por meio da fé em Cristo, outrora já foi um dos vasos para desonra.
Isto demonstra que, os vasos da ira, ou os vasos preparados para a perdição, são todos aqueles que pecaram e foram destituídos da glória de Deus. Por que vasos da ira? Porque são filhos da ira e da desobediência ( 1Co 15:22 ).
Isto leva a seguinte conclusão: todos pecaram em Adão, ou seja, os vasos para desonra (ira) são provenientes da semente corruptível de Adão.
É possível construir o seguinte paralelo entre Adão e Cristo:
Adão (O primeiro Adão)
Cristo (O último Adão)
Porta larga
Porta estreita
Caminho largo
Caminho estreito
Árvore má
Árvore boa
Planta não plantada pelo Pai
Planta que o Pai plantou
Filhos das trevas
Filhos da Luz
Servos do pecado
Servos da justiça
Semente corruptível
Semente incorruptível
Carne
Espírito
Vasos para desonra
Vasos para honra



Paulo demonstra que 'todos pecaram e foram destituídos da glória de Deus' Rm 3: 23. Verifica-se que todos pecaram em Adão, e que em Adão os homens são feitos vasos para desonra "Pois assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição veio por um homem" ( 1Co 15:21 ).
De igual modo, os homens que crêem são justificados pela redenção que há em Cristo ( Rm 3:24 ) "Pois assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem" ( 1Co 15:22 ).
Isto por si só demonstra que os vasos para desonra são feitos (criados) em Adão. Todos os nascidos segundo a vontade da carne, a vontade do varão e do sangue são vasos de desonra preparados para ira. São filhos da ira e da desobediência de Adão ( Jo 1:12 -13).
Deus utiliza a mesma massa que dá forma aos vasos para desonra para fazer vasos para honra. A 'matéria prima' (massa) que Deus utiliza para fazer a nova criatura (vaso para honra) é a mesma que foi utilizada para fazer os vasos para desonra.
O homem nascido de Adão é criado um novo homem por meio da fé em Cristo. Ou seja, a mesma massa utilizada para fazer os vasos para perdição (homens nascido de Adão), agora é utilizada para fazer vasos para honra (homens nascidos da água e do Espírito).
Não é possível apresentar qualquer outro tipo de interpretação às figuras apresentadas no quadro acima. O primeiro Adão é alma vivente, é da terra e é homem carnal.
Os vasos para honra são feitos (criados) em Cristo, o último Adão. Ele é Espírito vivificante ( 1Co 15:45 ). Ele é homem espiritual e é de cima (céu).
Todos que crêem em Cristo, conforme diz a Escritura, são feitos vasos para honra em Cristo Jesus. São vasos de misericórdia. Deixaram a condição de vaso para desonra, pois alcançaram misericórdia.
A mesma massa que foi utilizada para fazer vasos para desonra em Adão, agora é utilizada para fazer vasos para honra em Cristo. É da mesma massa (homens nascidos em Adão) que Deus faz vasos para honra (homens nascidos do último Adão).
Isto demonstra que Deus tem poder sobre a massa para fazer vasos para honra e vasos para desonra. É por isso que, aqueles que crêem, recebem poder para serem feitos (cridos) filhos de Deus.
Os vasos preparados para a destruição que crerem Naquele que o Pai enviou serão feitos (criados) vasos para honra segundo o poder de Deus que operou em Cristo ressuscitando-o dentre os mortos ( Ef 1:19 ).
As figuras dos vasos para honra e vasos para desonra também são utilizadas pelo apóstolo dos gentios ao escrever a Timóteo:
"Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra. De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra" ( 2Tm 2:20 -21).
Ao escrever a seu filho na fé ( 2Tm 2:1 ), Paulo estava tratando de questões relativas à igreja (local) que estava sob o cuidado de Timóteo.
A igreja (corpo) de Jesus Cristo é constituída somente de vasos para honra, porém, no ajuntamento solene de pessoas, há vasos para honra e vasos para desonra (crentes e descrentes).
Este versículo trata especificamente do ajuntamento solene de pessoas, onde várias pessoas reúnem-se (crentes e descrentes).
Quando o apóstolo estabeleceu o comparativo entre uma grande casa e o ajuntamento solene de pessoas crentes e descrentes, ele torna evidente que não há somente vasos de ouro e prata nestes ajuntamentos (reuniões), mas que também há vasos de pau e barro.
Ora, se em uma grande casa há vários tipos de vasos feitos de materiais diferentes (ouro, prata, pau e barro), da mesma forma o ajuntamento solene, que congrega varias pessoas, é um misto de pessoas com valores culturais diferenciados.
Sobre as qualidades e méritos de cada indivíduo que compõe a igreja local, Paulo é bem claro: "Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós" ( 2Co 4:7 ). Paulo sabia qual o valor do conhecimento humano perante o evangelho de Cristo ( 1Co 3:15 ).
O apóstolo Paulo falava a sabedoria proveniente de Deus, para que a fé dos irmãos não estivesse alicerçada em valores provenientes da sabedoria humana ( 1Co 2:5 ).
Ou seja, o apóstolo Paulo pregava o evangelho de maneira dissociada de suas qualidades pessoais. Isto porque ele não pregava a si mesmo "Pois não pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus..." ( 2Co 4:5 ). Ele tinha plena consciência de que era vaso de barro.
E quanto a nós? Você se considera que tipo de vaso?
Em Cristo Jesus o cristão é vaso para honra, mas há aqueles que ousam classificar ou medirem a si próprio"Porque não ousamos classificar-nos, ou comparar-nos com alguns, que se louvam a si mesmos; mas estes que se medem a si mesmos, e se comparam consigo mesmos, estão sem entendimento" ( 2Co 10:12 ).
Enquanto Paulo considerava ser um vaso de barro por causa da excelência de Deus, havia aqueles que consideravam ser vasos de ouro e prata, por considerarem a si mesmos como mestres, doutores, pastores, graduados, etc. O que Paulo considerou como escória para ganhar a Cristo, eles (maus obreiros) consideravam como forma de evidenciar uma posição de honra e destaque perante a igreja local ( Fl 3:8 ).
Não é o ser vaso de ouro e prata (qualidades pessoais) que torna o homem vaso para honra. E não é o ser vaso de pau e barro que torna alguém vaso para desonra.
É Deus que tem poder sobre o homem (barro), para constituí-los vasos para honra, e não importa as suas qualidades pessoais (ouro, prata, pau ou barro), pois, é Ele quem faz vasos para honra em Cristo.
Os vasos para desonra moldados em Adão não são provenientes da vontade de Deus, mas da vontade do homem, da carne e do sangue. Não importam quais são as qualidades dos homens nascidos em Adão, é preciso ser feito vaso para honra. Nicodemos é um exemplo claro de um vaso para desonra que possuía vários méritos e qualidades pessoais, etc.
De quais coisas é necessário ao homem purificar-se para ser um vaso para honra? Das contendas de palavras e dos falatórios inúteis que produzem maior impiedade ( 2Tm 2:14 e 16). Este era o caso de Himeneu e Fileto, que não conservaram o modelo das sãs palavras de Cristo e se desviaram da verdade do evangelho ( 2Tm 1:13 e 18).
Crer conforme o modelo das sãs palavras de Cristo, ou seja, crer conforme a Escritura torna um vaso preparado para desonra e que foi destinado à destruição em um vaso de honra e misericórdia.


Mas, se o homem não guardar o modelo das sãs palavras do evangelho, será vaso para desonra e sujeito a ira de Deus.
Quem não segue o caminho de Fileto e Himeneu é separado para uso exclusivo de Deus (santificado). É idôneo para uso, uma vez que é participante da herança dos santos na Luz ( Cl 1:12 ). Foi criado para toda a boa obra ( Ef 2:10 ).
Com base no que foi exposto, vem a pergunta: você é vaso para honra ou vaso para desonra?
Se você creu em Cristo conforme diz a Escrituras e guarda o modelo das sãs palavras do evangelho (persevera), você foi criado um novo homem (vaso) para honra e louvor ao nome de Deus ( Ef 1:11 -12).
Mas, aquele que não crê na mensagem do evangelho ou que transtorna a doutrina do evangelho, é vaso para desonra, preparado para a perdição, visto que, 'não crê no nome do unigênito Filho de Deus', e, por tanto, já está debaixo de condenação.
Isto demonstra que Deus não predestinou os homens nascidos em Adão à perdição (embora eles sejam preparados para a destruição), visto que, os cristãos eram filhos da ira e da desobediência, mas foram suportados por Deus com muita paciência ( Rm 9:22 ).
Aqueles que eram preparados para perdição, mas que ao ouvirem a palavra do evangelho e creram, foram remidos dos pecados dantes cometidos sob a paciência de Deus, e tornaram-se vasos para a honra ( Rm 3:25 ).

Agora, compreendendo esta verdade, não tenha um sentimento de soberba, achando que você é melhor que os demais (vaso de ouro, prata), antes guardem este tesouro, sabendo que é vaso de barro, criado em Cristo para toda boa obra ( 2Co 4:7 ).
Agora, ao analisar o contexto do capítulo 9 de Romanos, temos que os israelitas confiavam da carne que eram filhos de Deus. Não atinavam que os nascidos segundo a carne são carnais. Não era porque eram descendentes de Abraão que eram seus filhos (filho de Abraão é o mesmo que filho de Deus).
Para ser filho de Abraão é preciso a mesma fé que teve o crente Abraão, que creu na promessa de Deus. Os judeus cofiavam da carne que eram filhos de Deus, porém, segundo a carne eram filhos de Adão. Continuavam na condição de filhos da ira e da desobediência.
Eles (judeus) eram vasos de desonra como os demais gentios, pois todos os homens são gerados segundo a carne por causa de Adão. Tanto judeus quanto gentios precisam nascer de novo para serem feitos filhos de Deus, tornando-se vaso para honra.

COMO DEUS FAZ UM BARRO VIRA VASOS



Quero através desse estudo, fazer uma comparação, em como Deus faz um vaso em suas mãos, todo processo é muito doído.

Para isso vamos analisar Jeremias 18.1-6



Lendo essa palavra podemos colocar aqui quatro passos para ser fazer um vaso, e com certeza essa vai ser uma mensagem de impacto em sua vida, pois você vai ver como Deus está fazendo com muitas pessoas, e creio que está fazendo com você também. Deus tem um jeito todo especial para moldar o caráter daqueles que ele escolheu para fazer sua obra, e daqueles que o aceitarem como salvador de suas vidas, e quero mostrar nesse estudo como não é fácil ser moldado por Deus, é nesse momento em que Deus começa a moldar os vasos que muito que acham que servir a Deus é fácil, outros que se intitulam pastores, presbíteros, diáconos, obreiros e etc.…, acabam parando no meio do caminho, ou até mesmo desistindo de tudo, saindo dos caminhos do senhor, infelizmente é isso que muitas vezes acontecem, e nós paramos e pensamos que muitas vezes foi satanás que fez o servo de Deus cair, desistir, desanimar, mas às vezes é porque ele não quis ser moldado por Deus. Mas quero dizer que isso só acontece com aqueles que não estão estruturados na palavra de Deus, que acham que é fácil seguir o caminho estreito. Se segura que Deus vai falar com você através desta palavra com certeza.
Como eu disse no começo, são apenas quatro passos para se fazer um vaso.

1º- passo: A separação do barro, ou a escolha do barro



Pois se você não sabia existem aproximadamente duzentos tipos de barro, Alguns tipos de barro podem ser encontrados a céu aberto e outros em minas subterrâneas. Há o barro magro que parte com facilidade quando trabalhado, e o barro gordo que possui mais maleabilidade e plasticidade. O barro precisa ser úmido e maleável (fácil de trabalhar, não pode ser duro). Mas somente oito tipos é que pode ser usado na confecção do mesmo, sabe o que isso significa? Dentre tantos; Deus te escolheu (você é barro bom). Não importa se na escalada social você está em baixo ou em cima; Deus vai trabalhar em você! Se seu barro é magro (fraco, sem liga) o Espírito Santo vai interligar suas fraquezas com o poder de Deus e vai torná-lo material de primeira linha para a olaria de Jeová. Se você foi escolhido por Deus, você é um barro especial. Quando o oleiro vai se preparar para fazer um vaso de barro, (oleiro: aquela pessoa que trabalha na fabricação de artigos de barro), a primeira coisa que ele faz é separar o barro, assim Deus faz em nossa vida, nos separa primeiro, pois como disse tem apenas oito tipos de barro para se fabricar vaso, depois de separado ele começa a amassar o barro bem devagarzinho, depois deixa por um momento e vem ver a consistência, e amassa mais um pouquinho, e vai amassando até ter uma consistência ideal para ir para o 2º passo. Assim Deus faz com cada um de nós, primeiro ele nos tira do lamaçal do pecado, de um tremedal da lama, e começa a amassar nossas vidas, mas porque amassar? É nesse processo que ele vai tirando todas as impurezas que tem em nossas vidas, pois o barro quando tirado, traz consigo impurezas da terra, e nós quando estávamos no mundo, e quando fomos resgatados de lá, trouxemos conosco uma gama de impurezas, muita lascívia, prostituição, magoas, ódio, rancores, maldições hereditárias, e muitas outras coisas, que até mesmo nos envergonhamos da falar.



E assim vai Deus com sua tarefa, de tirar e separar todas as impurezas de nossa vida, e é nesse momento que muitos que se dizem crente, param no meio do caminho, pois não deixam o senhor Jesus tirar e limpar as impurezas de suas vidas, e quer ficar na igreja como vieram do mundo, cheios de sujeira, e ainda por cima querem trabalhar na obra de Deus, e quando Deus vai amassá-los para separar a sujeira, caem fora, não deixam o senhor Jesus fazer a obra completa, e tenho certeza que você já viu muitos assim, querem crescer espiritualmente, mas não se deixam moldar por Jesus, não querem passar pelo primeiro processo, que é a separação, mas se você que está lendo essa mensagem ainda não passou por esse momento, hoje pode ser o momento em que Deus vai tirar toda a sujeira que ainda existe em você, pois assim ele pode usar você de uma forma tremenda e sobre natural na sua vida.


2º- passo: o curtimento e pisamento.


É nesse momento que dói muito em nós, pois Deus primeiro nos deixa para o curtimento. E o que é curtimento? É o lugar onde o barro fica por um determinado tempo para criar consistência, Deus também nos deixa num cantinho para adquirirmos consistência, e parece que só fala com todos e ouve todos, menos a nós mesmo. É um momento muito difícil, pois ficamos que jogados pra escanteio, mas eu quero lhe dizer que não estamos jogados, é preciso passar pelo processo do curtimento, pois é nesse momento que adquirimos mais liga, que refletimos mais sobre nossa vida, e quanto maior a obra de Deus para nossa vida, mais tempo vamos passar no curtimento, pois assim adquirimos mais resistência para ir à obra, pois nesse passo Deus está avaliando você, pra ver se você tem capacidade para fazer a obra que ele tem preparado para você, pois você conseguiu passar pelo primeiro processo, e terá que passar pelo segundo passo, no curtimento ninguém nos ouve, somos deixados sempre de lado, não temos valor nenhum para o homem, mas para Deus somos mais que valiosos, pois quando estamos no curtimento, estamos sendo preparados para ser usado por ele, pois ainda estamos frágil, fracos para encarar a obra, mas nesse momento Deus está à observar você, vendo como se comporta no curtimento, pra ver se o barro não quebra, se corrompe com o ar que se forma dentro do barro, é nesse momento que você pensa que Deus esqueceu de você, mas ele não esqueceu não, pois quanto maior for o vaso, mais tempo de curtimento, aleluia, quanto maior a obra em sua vida, mais tempo terá que passar no curtimento.

Depois do curtimento vem o pisamento, é nesse momento que tem que tirar todo o ar existente no barro. Deus também nesse processo permite que você seja humilhado, pisado, até mesmo pelos seus. Deus permite sermos pisados, pois todo ar do nosso orgulho, vaidade, autoconfiança, o eu, egoísmo, vai saindo e ficando um barro puro, e Deus quer vasos puros na obra dele, vasos sem ar, resistente, que possam agüentar o trabalhar, vasos que sejam usados e aprovados. Nesse momento é doído, porque não queremos deixar nosso eu sair, nossa vaidade, nosso ego, não me toque que eu sou o tal, mas Deus muda tudo isso, tira todo ar de nossas vidas, aleluia, e muitos não conseguem passar por esse processo, pois o processo de limpeza e curtimento é doído demais, é somente os valentes que passam, e muitos se dizem valentes, mas no fundo são covardes, pois não conseguem passar pelo pisamento, não se deixam ser tirados o ar de sua vida, ar impuro, querem continuar com as impurezas em suas vidas.


3º passo: o molde.


Que processo mais difícil esse. Assim que você conseguiu passar pelo 2º processo, o curtimento e pisamento, vem a parte da modelagem, é onde o oleiro pega o barro e começa a moldar com suas mãos bem preparadas e calmas. 

Nesse processo Deus também nos pega e começa a nos moldar.

Primeiro vem o molde por fora, é onde muitos não querem ser moldados por fora, onde Deus pega e começa a trabalhar em nossa vida, nosso caminhar, alias tem crentes que mesmo depois de convertidos andam com cada tipo de pessoas, que temos até vergonha de falar que ele é de nossa igreja, o jeito de falar ainda não mudou, falam como se estivessem ainda no mundo, somente palavras obscenas, vivem amaldiçoando as pessoas, e em todo lugar que vão é só gritaria, blasfêmias, tem uma língua mais comprida que a gravata do pastor, parecem maritacas antes da chuva, vivem na fofoca, falando mal dos irmãos e de todos, nosso jeito de se vestir, alias tem umas irmãs que ainda não conseguiram passar por esse processo, vem com cada tipo de roupas na igreja que misericórdia, o pastor passa apurado para pregar, tem que ficar de olhos fechados, e a igreja pensa que ele esta na unção, mas é para não ver o jeito que as irmãs sentam em frente dele, tem alguns irmão que ainda não aprenderam a se vestir corretamente, colocam cada tipo de roupas, querem ser como estavam no mundo, e todo sensual, mas Deus nesse processo começa a moldar esse tipo de comportamento, pois o oleiro tem que deixar o vaso bem bonito, senão ninguém se interessa por ele, e quantos estão assim dentro da igreja, não se querem ser moldados por fora, querem continuar do mesmo jeito do mundo, mas Deus quando pega nada escapa, nada.

Depois de ser moldado por fora vem por dentro, ah! É nesse processo que dói, pois nesse processo Deus mexe no coração da pessoa, e muitos não gostam que mexem no coração. Deus tira todo o rancor, toda mágoa, toda falta de perdão, arranca tudo que impede do vaso ser usado por ele, é um processo muito doido, pois Deus mexe no profundo da alma, curando, libertando, limpando todas as impurezas, e muitos não suportam esse processo, fogem logo no começo do processo, é por isso que tem crentes que quando Deus começa a modelagem saem da presença dele, pois muitos não querem se deixar ser moldados, e Deus precisa moldar muitos crentes por dentro, pois muitos estão em cima de púlpitos com o coração cheios de ódio, raiva, rancor, com remorso, não conseguiu liberar perdão, tristeza, ressentimento, e ainda querem ser usado por Deus, mas como?! Se eles não se deixam ser moldados por dentro, e o homem fala do que está cheio o coração, como você vai conseguir ouvir uma boa mensagem, se aquele vaso não está moldado ainda por dentro, e se você ainda não deixou Deus moldar você por dentro, hoje pode ser o dia, e só você deixar Deus agir e cumprir as promessas em suas vidas, depois dessa mensagem eu creio que você vai deixar Deus moldar você, e seu ministério vai crescer de uma forma tremenda, muitas bênçãos vão ser derramadas em sua vida, aleluia! Glória a Deus. 


4º passo: o fogo.


Esse é o processo mais difícil da vida de um crente, muitos não conseguiram ainda passar pelo fogo, e têm muitos que nem conseguiram passar pelo primeiro processo, quanto mais chegar nesse processo. É onde o oleiro coloca o vaso no fogo, pois através do fogo ele fica resistente e pronto para ser usado. E quantas vezes somos provados a fogo, todos os dias em nossa vida, precisamos passar pela fornalha de Deus, pois nesse processo Deus testa nossa fé, pois para sermos vasos preciosos temos que passar pelo fogo, pois no fogo o vaso fica pronto para ser usado, ele cria resistência e fica puro, pronto para ser usado, como Daniel passou pelo fogo e foi aprovado por Deus, é assim nos dias de hoje, crente tem que viver no fogo do Espírito, enquanto temos crentes que só vivem no fogo da carne, temos que buscar mais e cada vez mais a presença do Espírito Santo em nossas vidas, é no fogo que ficamos mais resistentes, mais fortes para a obra, e muitos não querem nem saber do fogo de Jeová, quando Deus quer derramar fogo eles caem fora, pois tem medo de serem queimados pela gloria, pois suas vidas está só que pecados, porque depois do fogo, vem o descanso e o vaso está pronto para ser usado, e na vida do crente é o mesmo, depois das provas vem o processo de ser usado por Deus, ele nos enche com o Espírito Santo, com óleo puro, bálsamo de Gileade é derramado em nossas vidas, somos usados a cada dia que passa, depois de todos esses processos, estamos prontos para sermos usado por Deus, vidas vão ser curadas, libertadas, restauradas, através de nossa vida, você vai se maravilhar como Deus vai te usar muito mais do que ele usa, e ai você vai ver as bênçãos de Deus serem derramadas sobre tua vida, tua igreja, tua família, e tudo o que for fazer vai prosperar, pois Deus está te capacitando, te enchendo do fogo do Espírito Santo.

Você está pronto para passar por esses processos em sua vida, recomeçar uma nova vida nas mãos do oleiro? Você realmente se deixaria ser moldado por Deus novamente? Pois nós crentes temos que ser moldados todos os dias por Deus.

Analisando esses processos cheguei a uma conclusão do porque muitos se afastam dos caminhos do senhor, não conseguem chegar ao final da caminhada, até tentam, mas ficam no meio do caminho. Tudo isso porque não se querem deixar serem moldados pelo oleiro Jeová.

E você, já deixou Deus moldar sua vida por completo? Ou está com medo do primeiro processo? Ou não consegue passar pelo segundo? Ou encravou no terceiro? Ou o quarto está doido demais?

Que você possa meditar nessas palavras, e com certeza você vai sentir Deus fazendo um vaso muito valoroso em você, pois ele quer fazer a obra completa em sua vida, e te usar de uma forma tremenda, gloria a Deus, aleluuuiiaaa!

Lembre-se, se deixe passar por esses processos em sua vida, e Deus vai surpreender você nesse ano, no nome de Jesus.

Que todos fiquem na paz do senhor Jesus, e pensem muito nessas palavras, que vieram do coração de Deus para nossos corações.




Anterior Página inicial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...