Social Icons

1

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Aspectos Importantes Sobre a Vida de Jesus Cristo á Terra

Vejamos, de passagem, alguns aspectos importantes da vida de JESUS
CRISTO, os quais, demonstram a sua singularidade.
A vida de JESUS CRISTO é singular na sua total santidade, João¨8:46;
Heb¨4:15; 1ªPed¨2:22, no total cumprimento das profecias a seu
respeito, Mat¨1:22-23, 27:35; João¨1:45, e em sua total obediência a
DEUS, Mat¨26:39, 42; Mar¨14:36; Luc¨22:42; João¨4:34, 6:38-40.
DEUS se fez homem na pessoa de JESUS CRISTO e veio à Terra para salvar
o seu povo dos seus pecados, Mat¨1:20-23.

I, 1, CONCEPÇÃO SOBRENATURAL DE JESUS CRISTO.
A concepção de JESUS CRISTO aconteceu de modo sobrenatural.
A virgem Maria recebeu, através de um anjo, a notícia de que seria mãe
do SALVADOR, o anjo lhe disse que JESUS CRISTO seria gerado no seu
ventre pelo poder do ESPÍRITO SANTO, Luc¨1:26-35; José, também foi
avisado por um anjo acerca deste acontecimento, Mat¨1:18-21.
Este fato se deu em cumprimento à profecia de Is¨7:14; Mat¨1:22-23.

I, 2, O NASCIMENTO DE JESUS CRISTO.

Mat¨1:25, fala sucintamente do nascimento de JESUS CRISTO.
Luc¨2:1-7 narra com mais riqueza de detalhes o nascimento de JESUS CRISTO.
O profeta Miquéias havia profetizado, que JESUS CRISTO nasceria em
Belém, Miq¨5:2; Mat¨2:4-6, porém, José e Maria moravam na Galiléia, na
cidade de Nazaré, Luc¨2:4.

DOUTRINA CRISTÃ DE JESUS CRISTO .

5. Contudo, a profecia se cumpriu, cabalmente, sem que José e Maria
interferissem, pessoal e isoladamente, para que a mesma se cumprisse.
O imperador Romano, César Augusto, decretou um alistamento
(recenseamento) em todo o império e, para obedecer tal decreto, todos
os habitantes que moravam fora de suas cidades de origem, deveriam
alistar-se em suas próprias cidades, Luc¨2:1-5.
Com toda a certeza, o dedo de DEUS estava por trás deste decreto.
Por isso, José e Maria saem da Galiléia e vão até Belém para
alistar-se no recenseamento, oportunidade esta, em que JESUS CRISTO
nasceu, Luc¨2:1-7.

I, 3, A GENEALOGIA DE JESUS CRISTO.
Mat¨1:1-17 e Luc¨3:23-38, nos apresentam a genealogia de JESUS CRISTO.
As genealogias mostradas pelos dois Evangelistas são muito diferentes.
A diferença entre as duas genealogias se deve ao fato de Mateus
apresentar a genealogia de JESUS CRISTO pelo lado paterno e Lucas
apresentá-la pelo lado materno.
Além disto, a genealogia de Mateus chega apenas a Abraão, ao passo que
a genealogia de Lucas vai até Adão e DEUS.
A apresentação da árvore genealógica de JESUS CRISTO é importante, não
para mostrar conhecimento, mas, principalmente, para provar ao povo
judeu, através de Mateus e aos gentios, por intermédio de Lucas, que
JESUS CRISTO, além de todos os demais cumprimentos proféticos, tem
todos os requisitos necessários, para ser recebido como O MESSIAS
prometido, Dan¨9:25-26, já que descende do rei Davi Mat¨1:6;
Luc¨3:31-32, e de Abraão, Mat¨1:1-2; Luc¨3:34.

I, 4, A EXALTAÇÃO DE JESUS CRISTO APÓS SEU NASCIMENTO.


Após seu nascimento, JESUS CRISTO foi exaltado:
01, Pelos anjos, Luc¨2:8-14¨(14).
02, Pelos pastores, Luc¨2:15-20.
03, Pelos magos do Oriente, Mat¨2:1-12¨(11).
É bom sabermos, que a visita dos magos não aconteceu imediatamente ao
nascimento de JESUS CRISTO, demorou, isto sim, algum tempo.
Outro fato importante, a palavra magos, deve ser entendido como sábios.

I, 5, A CIRCUNCISÃO DE JESUS CRISTO E SUA APRESENTAÇÃO NO TEMPLO.

A circuncisão era sinal de aliança entre o povo israelita (judeu) e
DEUS, Gên¨17:9-14; Lev¨12:1-3.

Por ser judeu, JESUS CRISTO também foi circuncidado, Luc¨2:21.
DOUTRINA CRISTÃ DE JESUS CRISTO .
6. Além disso, quando se cumpriram os dias da purificação de Maria, JESUS
CRISTO foi levado ao templo em Jerusalém para ser apresentado ao SENHOR,
Luc¨2:22-24, para cumprir a determinação DIVINA, Êx¨13:1-2, 22:29.

I, 6, A FUGA DE JESUS CRISTO PARA O EGITO E SUA VOLTA.

Em virtude do ódio do rei Herodes, ao rei dos judeus (JESUS CRISTO) e
do aviso do anjo do SENHOR, José e Maria fugiram para o Egito, levando
JESUS com eles, Mat¨2:12-18¨(14).
Do Egito só retornaram após a morte do rei Herodes, a qual, também foi
notificada pelo ANJO DO SENHOR, Mat¨2:19-23¨(21).
Temos aqui uma demonstração da preservação de DEUS (DEUS PAI), sobre o
menino JESUS (DEUS FILHO).
Temos também, o cumprimento de uma profecia acerca de JESUS CRISTO,
Osé¨11:1; Mat¨2:15.

I, 7, JESUS CRISTO NO TEMPLO AOS DOZE ANOS DE IDADE.

Aos doze anos de idade, após uma visita a Jerusalém durante uma
festa religiosa da páscoa, JESUS CRISTO ficou na cidade à revelia
de seus pais.
Porém, não estava perdido, ficou no templo dialogando com os doutores,
ocasião em que foi admirado pela sua imensa sabedoria, Luc¨2:47.
Ao ser encontrado por seus pais foi repreendido por estes, JESUS
CRISTO respondeu que estava tratando dos negócios do seu PAI (DEUS).
Esta narrativa está em Luc¨2:41-51.


domingo, 3 de novembro de 2013

Deus nos chamou para se facilitadores do reino reino

DEUS NOS CHAMA PARA QUE SEJAMOS FACILITADORES (1Co 16.14)

Temos de Deus muito o que repassar aos outros: o evangelho deve ser repassado (Mt 28.19,20). Porque somos facilitadores do reino de Deus, o produto da vida cristã deve ser repassado (Ef 2.8ss), o fruto do Espírito deve ser repassado (Gl 5.22,23). O fruto do Espírito é um programa de vida a ser facilitado, repassado e posto em ação:
• AMOR (Cl 3.14). Deus é amor; o amor perdoa (1Co 13)
• ALEGRIA (Rm 14.17). Não são sorrisos; "Alegrai-vos no Senhor"; Cuidado com a confiança mal colocada (deve ser posta no Senhor);

• PAZ (Rm 12.18)
• PACIÊNCIA (Cl 3.12,13).Mesmo na provocação;
• BENIGNIDADE (Cl 3.12);
• BONDADE (Gl 6.10);
• FIDELIDADE (Pv 20.6)
• MANSIDÃO e
• DOMÍNIO PRÓPRIO (Pv 25.28)

Sobre o amor, lembremos que no evangelho há o amor de Deus por nós; o nosso amor por Deus; o nosso amor pelos outros.

Quanto ao amor de Deus por nós, conforme expresso em João 3.16; 1João 4.19. O que distingue o evangelho de qualquer outro sistema religioso, teológico ou filosófico é o verbo "dar". Deus deu. Agostinho ensinou que "Deus ama a cada um de nós como se só houvesse um de nós para amar".

Em relação ao nosso amor por Deus, amo realmente a Deus e a Cristo? Em João 21, há uma expressiva pergunta de Jesus: "Simão, filho de João [ponha seu nome e sobrenome], amas-me?" Como podemos ser facilitadores se perdemos o primeiro amor?

O terceiro tema é o nosso amor pelos outros. Ou colocamos em ação ou não somos facilitadores de coisa nenhuma.

CONCLUSÃO

Quem somos? Essa foi a pergunta proposta. Percebeu que responsabilidade tem? Adoradores, Intercessores e Facilitadores do reino de Deus. Como Ele é bom: elegeu-nos em Cristo, deu-nos uma comissão, sustenta-nos na obra, e espera que sejamos responsáveis. Dele dependemos; nEle esperamos.

 

Pregação Abençoada

PUBLICIDADE

O Mais Baixado De 2012

Ares Alcohol 120% Adobe Flash Player CCleaner CD BurnerEmule FilZip Google Chrome Google Earth Internet Explorer KM Player Lime Wire Media Player Classic Messenger Plus Mozilla Firefox MSN Messenger 2009 Opera Picasa Realtek Real Player Download Accelerator Plus FormatFactory uTorrent Virtual DJ XP Codec Pack Windows Media Player 11 Winamp Winrar Winzip VDownloader Avast AVG Avira Kaspersky NOD 32 Microsoft Security Essentials Adobe Reader Skype Daemon Tools Photo Scape Directx DVD Shrink K-Lite Codec Pack Photo Filtre Shareaza Messenger Discovery Live Puxa Rapido Revo Uninstaller Team Viewer The Gimp

1000


" />

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE