Social Icons

1

sábado, 31 de agosto de 2013

Adoração culto a Deus

A adoração ou culto a Deus é uma atividade muito salutar para o crescimento na vida cristã. Adoração é a prática em que os cristãos, sozinhos ou em grupo, buscam a Deus, tributam-lhe honra, glória e louvor, e expressam ações de graças por todas as Suas dádivas e bênçãos. A adoração é feita através de cânticos, orações, leitura e pregação da Palavra de Deus, ofertas e outras expressões de amor e gratidão que os cristãos, juntos oferecem a Deus. Na leitura bíblica e na pregação somos lembrados da fidelidade de Deus e somos atraídos a um relacionamento mais íntimo com o Senhor, pela obediência. Devemos aproveitar o máximo o tempo que passamos juntos perante o Senhor em adoração.
I - Por que devemos adorar?
Leia os textos recomendados e responda com as suas palavras o que for pedido:

1. Por que devemos adorar a Deus?

"Venham todos, e louvemos ao Deus Eterno! Cantemos com alegria à rocha que nos salva. Vamos
comparecer diante dele com ações de graças, cantando alegres hinos de louvor. Pois o Eterno é Deus poderoso; é Rei poderoso acima de todos os deuses. Ele reina sobre o mundo inteiro, desde as cavernas mais profundas até os montes mais altos. O Eterno reina sobre o mar, que ele fez, e também sobre a terra, que ele mesmo formou. Venham, fiquemos de joelhos e adoremos o Eterno. Vamos nos ajoelhar diante do nosso Criador. Ele é o nosso Deus; nós somos o povo que ele guia, somos o rebanho do qual ele cuida. Escutem hoje o que ele nos diz: "Não sejam teimosos, como os seus antepassados foram em Meribá, quando estavam em Massá, no deserto. Ali eles me puseram à prova e me desafiaram, embora tivessem visto o que eu havia feito por eles. Durante quarenta anos, aquele povo me irritou. Então eu disse: Que gente de coração perverso! Eles não querem obedecer aos meus mandamentos! Fiquei irado e fiz este juramento: Vocês nunca entrarão naTerra Prometida, onde eu lhes teria dado descanso"(Salmo 95).

2. Qual era a motivação do salmista para a adoração?

"Como eu amo o teu Templo, ó Deus Todo-Poderoso! Como eu gostaria de estar ali! Tenho saudade dos pátios do Templo do Deus Eterno. Com todo o meu ser, canto com alegria ao Deus vivo"(Salmo 84.1,2).

3. Este salmo é um cântico. O que levou Davi a escrevê-lo, especificamente?

"Ó Deus Eterno, eu te agradeço com todo o coração; diante de todos os deuses eu canto hinos de louvor a ti. Por causa do teu amor e da tua fidelidade, eu me ajoelho virado para o teu santo Templo e dou graças a ti. Pois tens mostrado que o teu nome e as tuas promessas estão acima de tudo. Quando te chamei, tu me respondeste e, com o teu poder, aumentaste as minhas forças. Ó Deus Eterno, todos os reis da terra te louvarão quando ouvirem falar das tuas promessas. Eles cantarão a respeito das coisas que tu, ó Eterno, tens feito, pois grande é a tua glória. Tu estás lá nas alturas, mas assim mesmo te interessas pelos humildes, e os orgulhosos não podem se esconder de ti. Quando estou cercado de perigos, tu me dás segurança. A tua força me protege do ódio dos meus inimigos; tu me salvas pelo
teu poder. Tu cumprirás tudo o que me prometeste. O teu amor dura para sempre, ó Deus Eterno. Não abandones o trabalho que começaste"(Salmo 138).

4. Qual a razão apresentada para se louvar ao Senhor?

"Louvem ao Deus Eterno. É bom cantar louvores ao nosso Deus; é agradável e certo louvá-lo"(Salmo 147.1).

II - Partes da adoração ou culto
Além da adoração e do louvor há outras partes importantes do culto que se presta a Deus.

Vejamos:

1. A oração é uma parte normal do culto de adoração da igreja local. Através

dela nós podemos proferir expressões de adoração, louvor e de ações de graças; podemos contar a Deus as nossas necessidades e também intercedermos por outras pessoas, causas e instituições. "Então, ali em frente de todo o povo, o rei Davi louvou ao Deus Eterno. Ele disse: Ó Eterno, Deus do nosso antepassado Jacó, bendito sejas para sempre! Tu és grande e poderoso, glorioso, esplêndido e majestoso. Tudo o que existe no céu e na terra pertence a ti; tu és o Rei, o supremo governador de tudo. Toda a riqueza e prosperidade vêm de ti; tu governas todas as coisas com o teu poder e a tua força e podes tornar grande e forte qualquer pessoa. Agora, nosso Deus, nós te agradecemos e louvamos o teu nome glorioso. No entanto, o meu povo e eu não podemos, de fato, te dar nada, pois tudo vem de ti, e nós somente devolvemos o que já era teu. Tu sabes, ó Deus Eterno, que tanto os nossos antepassados como nós passamos pela vida como estrangeiros, como pessoas que estão de passagem. 

Os nossos dias são como uma sombra que passa, e não podemos escapar da morte. Ó Eterno, nosso Deus, nós trouxemos toda esta riqueza a fim de construir um templo para honrar o teu santo nome, mas tudo isso veio de ti, e tudo é teu. Eu sei que tu pões à prova os corações e amas as pessoas corretas. Com honestidade e sinceridade, eu te dei de livre vontade tudo isso e vejo com alegria que o teu povo, que está reunido aqui, trouxe de boa vontade ofertas a ti. 

Ó Eterno, Deus dos nossos antepassados Abraão, Isaque e Jacó, conserva para sempre no coração do teu povo esta disposição e este pensamento e guarda-o fiel a ti. Dá ao meu filho Salomão o desejo de obedecer com todo o coração a todos os teus mandamentos e ordens e a vontade de construir o Templo para o qual fiz estes preparativos. Então Davi disse a todo o povo: Louvem o Eterno, o nosso Deus! E todo o povo louvou o Eterno, o Deus dos seus antepassados; todos se ajoelharam e encostaram o rosto no chão, adorando a Deus e prestando homenagem ao rei"(1 Crônicas 29.10-20).
a) Como descreveria a primeira parte da oração de Davi?(versos 10-13 )
b) Nos versos 14 e15 qual é a atitude de Davi, no culto, demonstrada nesta parte de
sua oração?
c) O que Davi diz acerca do seu relacionamento com Deus e de seu povo para com
Deus?
d) O que Davi pede especificamente a favor do povo no verso 18?

2. No centro do culto de adoração está a leitura e proclamação da Palavra de

Deus. É quando ouvimos o que Deus tem a nos dizer para confortar, animar, avisar, exortar ou ensinar, corrigir Devemos estar atentos, com a mente e o coração abertos para acatarmos a Sua Palavra e nos dispormos a obedecia. "Já no sétimo mês, todo o povo de Israel estava morando nas suas cidades. No dia primeiro desse mês, todos se reuniram em Jerusalém, na praça em frente ao Portão das Águas. Então pediram a Esdras, o sacerdote e mestre da lei, que trouxesse o Livro da Lei que o Deus Eterno tinha dado ao povo de Israel por meio de Moisés. Esdras levou o livro para o lugar onde o povo estava reunido: os homens, as mulheres e as crianças que já tinham idade para entender. E ali, na praça em frente ao portão, Esdras leu a lei para o povo, desde o nascer do sol até o meio-dia. E todos ouviram com atenção. Esdras estava de pé num estrado de madeira que havia sido feito para aquela ocasião. À direita de Esdras estavam de pé os seguintes homens: Matitias, Sema, Anaías, Urias, Hilquias e Maaséias. E de pé à sua esquerda estavam: Pedaías, Misael, Malquias, Hasum, Hasbadana, Zacarias e Mesulã. Esdras ficou ali no estrado acima do povo, e todos olhavam para ele. Quando abriu o livro, todos se levantaram, e Esdras disse: Louvem o Eterno, o grande Deus! Todo o povo levantou os braços e respondeu: Amém! Amém! Aí se ajoelharam e, com o rosto encostado na terra, adoraram ao Deus Eterno. Depois se levantaram e ficaram nos seus lugares. Então os levitas explicaram a lei para o povo. Os levitas eram: Jesua, Bani, Serebias, Jamim, Acube, Sabetai, Hodias,
Maaséias, Quelita, Azarias, Jozabade, Hanã e Pelaías. Eles iam lendo o Livro da Lei e traduzindo; e davam explicações para que o povo entendesse o que era lido. Quando ouviram a leitura da lei, eles ficaram tão comovidos, que começaram a chorar. Então Neemias, o governador, e Esdras, o sacerdote e mestre da lei, e os
levitas que estavam ali explicando a lei disseram a todo o povo: Este dia é sagrado para o Eterno, o nosso Deus, e por isso vocês não devem se lamentar, nem chorar. Vão agora para casa e façam uma festa. Repartam a sua comida e o seu vinho com quem não tiver nada preparado. Este dia é sagrado para o nosso Deus; portanto, não fiquem tristes. A alegria que o Deus Eterno dá fará com que vocês fiquem fortes. Os levitas foram pelo meio do povo, acalmando-os e dizendo que não ficassem tristes num dia tão santo. Então todos foram para casa, e comeram, e beberam alegremente. E o que tinham eles repartiram com os outros porque entenderam o que havia sido lido para eles"(Neemias 8.1-12).
a) Como você descreveria a atitude do Povo diante da Palavra de Deus?(versos 3,
5, 6)
b) O que era de maior importância na leitura e explicação das Escrituras ao povo?
c) Descreva o que aconteceu como resultado da pregação da Palavra?

3. A entrega dos dízimos e ofertas faz parte do culto que prestamos a Deus.

Este ato demonstra nossa gratidão e fidelidade a Deus.

a) A que Paulo está se referindo em 1 Coríntios 9.2-11?
"Mesmo que outros não me aceitem como apóstolo, vocês me aceitam! Vocês mesmos, pelo fato de estarem unidos com o Senhor, são a prova de que sou um apóstolo. Quando as pessoas me criticam, eu me defendo, dizendo assim: Será que Manual do Discípulo de Cristo - Igreja Betel Brasileiro - Pág. 20 eu não tenho o direito de receber comida e bebida pelo meu trabalho? Será que nas minhas viagens eu não tenho o direito de levar comigo uma esposa cristã, como fazem os outros apóstolos, os irmãos do Senhor Jesus e também Pedro? Ou será que Barnabé e eu somos os únicos que temos de trabalhar para nos sustentarmos? Quem já ouviu falar de algum soldado que pagou as suas próprias despesas no exército? Ou qual é o fazendeiro que não come das uvas da sua própria plantação? Ou qual é o pastor que não toma do leite do seu gado? Não pensem que eu me apóio somente nesses exemplos da vida diária, pois a Lei diz a mesma coisa. Na Lei de Moisés está escrito assim: "Não amarre a boca do boi quando ele estiver pisando o trigo." Por acaso Deus está interessado nos bois? Ou foi a nosso respeito que ele disse isso? É claro que isso está escrito em nosso favor! Tanto a pessoa que planta como a que colhe fazem o seu trabalho na esperança de receber a sua parte da colheita. Se temos semeado entre vocês a semente espiritual, será demais se recebermos de vocês alguma recompensa material?"

b) Até que ponto Deus leva a sério a questão dos dízimos e ofertas? E que
promessas temos de Deus? Malaquias 3.8-12. "Eu pergunto: "Será que alguém pode roubar a Deus?" Mas vocês têm roubado e ainda me perguntam: "Como é que estamos te roubando?" Vocês me roubam nos dízimos e nas ofertas. Todos vocês estão me roubando, e por isso eu amaldiçôo a nação toda. Eu, o Deus Todo-Poderoso, ordeno que tragam todos os seus dízimos aos depósitos do Templo, para que haja bastante comida na minha casa. Ponhamme à prova e verão que eu abrirei as janelas do céu e farei cair sobre vocês as mais ricas bênçãos. Não deixarei que os gafanhotos destruam as suas plantações, e as suas parreiras darão muitas uvas. Todos os povos dirão que vocês são felizes, pois vocês vivem numa terra boa e rica. Eu, o Deus Todo-Poderoso, falei."

4. Nossa adoração é também expressada quando participamos da Santa Ceia.

Leia 1 Coríntios 11.23-29 e responda:

"Porque eu recebi do Senhor este ensino que passei para vocês: Que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, pegou o pão e deu graças a Deus. Depois partiu o pão e disse: "Isto é o meu corpo, que é entregue em favor de vocês. Façam isto em memória de mim." Assim também, depois do jantar, ele pegou o cálice e disse: "Este cálice é a nova aliança feita por Deus com o seu povo, aliança que é garantida pelo meu sangue. Cada vez que vocês beberem deste cálice, façam isso em memória de mim." De maneira que, cada vez que vocês comem deste pão e bebem deste cálice, estão anunciando a morte do Senhor, até que ele venha. 

Por isso aquele que comer do pão do Senhor ou beber do seu cálice de modo que ofenda a honra do Senhor estará pecando contra o corpo e o sangue do Senhor. Portanto, que cada um examine a sua consciência e então coma do pão e beba do cálice. 


Pois, a pessoa que comer do pão ou beber do cálice sem reconhecer que se trata do corpo do Senhor, estará sendo julgada ao comer e beber para o seu próprio castigo".
a) Qual a razão para a Ceia do Senhor?
b) O que o vinho e o pão simbolizam?
c) Como podemos participar da Ceia do Senhor?

Conclusão

Leia os textos abaixo e responda:

a) Quais as duas coisas que o Senhor requer daqueles que o adoram?

"Mas virá o tempo, e, de fato, já chegou, em que os verdadeiros adoradores vão adorar o Pai em espírito e em verdade. Pois são esses que o Pai quer que o adorem. Deus é Espírito, e por isso os que o adoram devem adorá-lo em espírito e em verdade".(João 4.23-24)

b) O que Deus deseja de nós interiormente?

"O que tu queres é um coração sincero; enche o meu coração com a tua sabedoria. Tira de mim o meu pecado, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve. Faze-me ouvir outra vez os sons de alegria e de felicidade; e, ainda que tenhas me esmagado e quebrado, eu serei feliz de novo. Não olhes para os meus pecados e apaga todas as minhas maldades. Ó Deus, cria em mim um coração puro e dá-me uma vontade nova e firme!"(Salmo 51.6-10).

Oração


"Senhor, quero sempre em minha vida oferece-te minha adoração pessoal e também junto com os demais irmãos . Dá-me mente pura e coração alegre para faze-lo . Por Jesus. Amém." Versículo para decorar "Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor"(Salmo 122.1).
 

Pregação Abençoada

PUBLICIDADE

O Mais Baixado De 2012

Ares Alcohol 120% Adobe Flash Player CCleaner CD BurnerEmule FilZip Google Chrome Google Earth Internet Explorer KM Player Lime Wire Media Player Classic Messenger Plus Mozilla Firefox MSN Messenger 2009 Opera Picasa Realtek Real Player Download Accelerator Plus FormatFactory uTorrent Virtual DJ XP Codec Pack Windows Media Player 11 Winamp Winrar Winzip VDownloader Avast AVG Avira Kaspersky NOD 32 Microsoft Security Essentials Adobe Reader Skype Daemon Tools Photo Scape Directx DVD Shrink K-Lite Codec Pack Photo Filtre Shareaza Messenger Discovery Live Puxa Rapido Revo Uninstaller Team Viewer The Gimp

1000


" />

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE